Category Archives: Economia

Golden Visa PORTUGAL The Golden Visa. What is it? The Golden Visa Programme launched by the Portuguese Authorities is a fast track for foreign investors from non-EU countries to obtain a fully valid residency permit in Portugal (“Golden Visa”).  Under the Golden Visa programme, non-EU citizens simply need to carry out one of the investments set out in the law to qualify to obtain a residency permit in Portugal. This residency permit will allow the investor and his family members to enter and/or live in Portugal and to travel freely within the vast majority of European countries (Schengen space) .  Aimed at attracting foreign investment to Portugal, the Golden Visa is a very straightforward and flexible programme, with simple and clear legal requirements.  With extremely reduced minimum stay requirements, the Golden Visa is clearly one of the most attractive residency programs for investors in the world. 2 – What types of investments are allowed under the Golden Visa rules? The Golden Visa programme was recently widened to include further types of investment. As a result, the following types of investment now qualify for the Golden Visa programme: a) Property Investments : i. Acquisition of property above € 500,000 ; ii. Acquisition of property above € 350,000  – for properties more than 30 years old or located in areas of urban renovation. b) Capital Investments :  i. Transfer of Funds above € 1,000,000 ; ii.Transfer of Funds above € 350,000 for research activities; iii. Transfer of Funds above € 250,000 for artistic or cultural activities; iv. Transfer of Funds above € 500,000 for capitalization of small and medium size companies. c) Job creation : Creation of  a minimum of 10 jobs; It should be noted that only investments effectively made after 8 th October 2012 are eligible for the Golden Visa programme. 3 – For how long is the Golden Visa valid? Once issued, the Golden Visa will be valid for an initial period of 1 (one) year and then will be renewed for subsequent periods of 2 (two) years. More informations, procedures and costs, please contact us: www.ltcfadvogados.pt geral@ltcfadvogados.pt we take care of your interests. LTCF


Anúncios

Pedrógão


Tenho que dar razão a essa cambada que se esconde das responsabilidades sobre este último e trágico incêndio. Na verdade, Portugal vive há centenas de anos e muitas gerações em condições climáticas adversas. Discutir para quê?

Portanto. Nada de novo. Siga a marinha.

Europe vs Brexit


BREXIT

Treaties, just as those that built European Union, are cooperation instruments which require mutual surrender from all parties involved.
For the best and for the worst.

British people chose BREXIT.
For the rest of European countries, British people represent one of the most important resident and investing communities.
BREXIT is going to change these citizens relationship with the rest of EU and with each of its national institutions.
How? Nobody really knows yet.
But soon we will be able to give you the best advices.

——————————————-

Os tratados, tal como os diversos que dão corpo a União Europeia, são instrumentos de cooperação e que envolvem cedências mútua dos países subscritores.
Para o bom e para o mau.
O povo britânico optou pelo BREXIT.

O povo britânico representa nos demais países da Europa, uma das mias importantes comunidades residentes e de investimento.

O BREXIT vai alterar as relações desses cidadãos com os demais da União Europeia e diversas instituições nacionais.

Como? Ainda ninguém sabe.

Mas, em breve, estaremos aptos para lhe dar os melhores conselhos.

Colina verde resort sport center


Uma iniciativa e investimento da sociedade Maragota SA, com o patrocínio legal e negocial da LTCF – sociedade de advogados RL e o apoio de planeamento e técnico da PLAN – arquitectos associados, o concelho de Olhão em breve poderá ter um dos melhores centros turísticos e desportivos de alta competição (em dezenas de modalidades) da Europa (Colina Verde). O NDT (Núcleo Desenvolvimento Turístico) está agora sob consulta. 

Uma mais valia para o Algarve.
An initiative and investment of Maragota SA, with legal and negotial sponsorship of LTCF – Sociedade de Advogados RL and technical and planning support of PLAN – Arquitectos Associados.

Soon, Olhão can become one of the best touristic and high performance sporting centres (for several modalities) of Europe (Colina Verde).

NDT (Portuguese acronyms for Centre for Touristic Development) is now under consultation.

This Centre is therefore an adding value initiative for Algarve.

O Homem


Rousseau e Hobbes (entre outros) no seu tempo discutiam filosoficamente a natureza benigna ou maligna do Homem.Os dias de hoje não deixam muitas dúvidas.

Ego


Tivemos o Durão 10 anos à frente da União Europeia. Provavelmente teremos o Guterres à frente da ONU. Ganhamos o Europeu de Futebol e temos os melhores jogadores do mundo de futebol 11 e de 5. 

Somos o melhor destino de golfe do mundo e temos, dizem, da gastronomia mais apreciada no globo. Somos dos países mais seguros e eleito como melhor destino do planeta para se gozar a reforma. Ganhamos prémios internacionais, uns atrás dos outros, com as melhores valências de turismo. Temos nichos industriais de ponta de relevo mundial nas novas tecnologias, moldes, sapatos e cortiça. Evoluímos a passos largos na área da investigação. Temos empresários portugueses que triunfam mundo fora. 

Temos uma das melhores redes rodoviárias da união europeia. Somos considerados como um povo afável, de brandos costumes e que sabe receber. Poucos já nos batem nos vinhos. O melhor bolo de chocolate do mundo é nosso e a Livraria Lello é a mais bonita de todas. Para não falar que ninguém nos bate nas paisagens e na facilidade do uso das línguas. 

Lisboa e Porto estão na moda e a nossa

 moda encanta Milão. 

Com isto tudo e tudo aquilo o que me esqueci, ainda assim não passamos da cepa torta. Naufragamos no nosso ego.

Tapar o sol com a peneira


Tapar o sol com a peneira. Começa mais um ano lectivo e mais uma vez a política do livro mantém-se subjugada aos interesses políticos e económicos.  

Sem réstia de esperança. 

A Câmara de Tavira distribui livros escolares (cujos critérios para aqui não interessam) tal como o fazem dezenas de outras autarquias. 

Além da concorrência desleal às livrarias que investiram no livre mercado, esconde-se o essencial porque assim os políticos o querem. 

Todos os anos o ministério da educação altera os livros em todos os ciclos (por vezes em questões de pormenor) obrigando as famílias a gastarem rios de dinheiro para enriquecer políticos e lobbies. Alteram-se os livros muitas vezes sem alterações nos programas.  

Em suma. Tudo uma cambada.

Nesta matéria esquecem-se de olhar para a querida Finlândia, a menina exemplo na educação para alguns. 

Esqueci-me de dizer. Tenho 4 filhos. Há quem tenha mais e há quem tenha menos. A todos custa.

Esquizofrênicos 


Independentemente da cor política , não há pachorra e futuro para este pequeno Portugal com menos habitantes que muitas cidades desse mundo fora. Não nós entendemos e a culpa não é do acordo ortográfico. 
Um determinado governo promove legislação e executa medidas da mais diversa natureza. No âmbito do Investimento, da Fiscalidade, da Educação, do Turismo, da Gestão territorial, etc. 

As medidas, boas ou menos boas, carecem de ser implementadas e monitorizadas por forma a sabermos a real valia das mesmas para o conjunto da sociedade. Só assim somos responsáveis e podemos tirar minimamente conclusões.
Sucede é que nestes últimos quase 50 anos não há coisa que dure. Ninguém pensa e executa com vista larga. É tudo a curto prazo e no real interesse da sua cor e bolso.
Um governo faz. 

Entra outro governo e quase tudo altera

Entrará mais tarde um outro e tudo será novamente mexido. 
Temos o Portugal que merecemos. À medida da mediocridade da generalidade dos políticos que nos têm governado e os culpados somos somente nós. Ninguém tem a mínima ideia para onde vamos. A mínima. 

Não há país que resista a estes devaneios. 

Por isso seremos sempre pobres e em breve também infelizes. 

  

Perdão


Momento (1953) em que os credores (incluindo a Grécia) perdoavam a dívida da Alemanha na sequência da segunda guerra mundial. Há momentos assim.  

Europa


E a Europa continua a assobiar para o lado. 950 numa traineira a atravessarem o mediterrâneo a caminho do velho continente. 27 sobreviventes. O Mar do meio a transformar-se num cemitério.